quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Mídia e Estado canalhas

Há quem se espante com a canalhice da mídia. Mas ela foi criada canalha, com a expansão de um jornalzinho na forma de rede nacional de televisão, com centenas de repetidoras pelo país, de tv e rádio, sem falar nas publicações escritas. Foi desenvolvida ilegalmente com a tecnologia e a grana da Time-Life estadunidense, a partir do golpe de 1964, pra servir aos interesses das corporações estadunidenses, subalternizando a mentalidade da população aos valores estadunidenses, levando à idolatria do império das corporações que nos assola desde a segunda guerra, onde foi subalternizado o exército brasileiro ao estadunidense, com a deformação ideológica da oficialidade na Escola das Américas, no Panamá mas estadunidense, incutida de um anti-comunismo obsessivo e ignorante - o pânico e o ódio dos exploradores de pessoas e recursos na construção de riquezas privadas.
Não são casos episódicos, é a natureza da mídia, desde sua criação. O controle das comunicações é estratégico na dominação do país, no saque permanente com a cumplicidade das elites locais, sempre traidoras do seu próprio povo e nação, que desprezam, enquanto bajulam e admiram os saqueadores, exploradores e opressores estrangeiros, punhado de parasitas sociais que infernizam o mundo com seus mega-poderes.
"O comunismo vai acabar com o mundo!", gritam os que estão acabando com o mundo. Hoje, "comunista" é o insulto contra qualquer um que tenha preocupações humanitárias, que deseje menos injustiça social, que se preocupe com a população sabotada em seus direitos humanos, básicos, fundamentais e CONSTITUCIONAIS.
Um Estado seqüestrado pelo poder econômico de um punhado de podres de ricos, que não cumpre sua própria constituição, é uma organização criminosa simulando poder público, encenando uma farsa chamada de "democracia", mas que não passa de uma ditadura banqueiro-empresarial da qual a mídia é porta-voz e encarniçada defensora. Não é à toa a destruição do ensino público, a sabotagem da educação. É o impedimento da instrução, da formação de senso crítico e de consciência.
Perceber a mídia como ela é - e sempre foi - é um passo fundamental pra se começar a ver a realidade como ela é, ao contrário do que a mídia mostra. Isso aqui tá muito longe de ser uma democracia. Instituições ditas "democráticas" estão tomadas, infiltradas, dominadas pelos interesses parasitas mundiais, através e com a cumplicidade comprada das elites locais - e governantes, legisladores e juristas patrocinados.
Em vez de se lamentar, se revoltar, se decepcionar, desistir, se deprimir, é preciso se ligar, mudar de atitude, de desejos, de objetivos, de visão de mundo, de comportamento. Então, mudam as formas de relacionamento, mudam os sentimentos em viver, muda o mundo, no seu ritmo. E se ganha sentido.

32 comentários:

  1. Parece tão difícil Eduardo, um nó tão bem atado que não parece ter maneira de desfaze-lo se não corta-lo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Difícil quando se quer desatar esse nó no mundo, sem desatá-lo, nem reconhecê-lo dentro de nós mesmos. Quando trabalhamos aí, percebemos que não é tão difícil desatar e, quando se desata dentro, mudam valores, comportamentos e relações com o mundo. Essa mudança estimula outros desatamentos e funciona no coletivo sem esforço, pela receptividade das exceções, dos angustiados, dos que se sentem errados em não se enquadrar num modelo de sociedade tão desumano.

      Excluir
    2. Muito obrigado Eduardo, vou trabalhar meu desatamento.

      Excluir
    3. Gosto de seus videos, da sua escrita e do modo como usa as palavras, as suas palavras. E de fato, as coisas não são como são, o conceito apenas é, mas o que de fato você faz, com o que se entendeu ou entende, é de cada um. Parabéns. Mais seres pensantes, e menos inteligentes burros.

      Excluir
  2. Cara, aprendi muito com vc em 7 minutos!!!

    ResponderExcluir
  3. A merda da mídia e da média, da classe mídia as classes mudas, por metas, por eras, ..., pois o medo da mídia são os meios de por medo para jamais esclarecer a média

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Eduardo, tu és foda! Sou tua fã e falo de ti pra todo mundo. Pra mim, tu és um iluminado que bebe cerveja! Tu me inspiras deveras! Tu és política e espiritualidade! Gratidão!

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Eduardo, lembrei de você e do crime cometido em Mariana:

    http://m.cbn.globoradio.globo.com/default_mobile.htm?url=/comentaristas/andre-trigueiro/2017/02/04/PRESENCA-DE-MINERADORA-CANADENSE-NO-PARA-GERA-POLEMICA.htm

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em quais docs. vc pensou quando leu o texto?

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  9. Eduardo Marinho meu nome é Bruno miguel, sei que o tema não tem nada a ver com o que vou te perguntar. E tbm sei que em questão de religiosidade vc é bem convicto no que fala.
    Mais gostaria muito de saber o que vc pensa da Bíblia.
    Me interesso pq sei que é uma pessoa pensante, que realmente estas sempre buscando o seu caminho!
    Desde de já agradeço, se apenas olhar a publicação do comentário!

    ResponderExcluir
  10. 'Hoje, "comunista" é o insulto contra qualquer um que tenha preocupações humanitárias, que deseje menos injustiça social, que se preocupe com a população sabotada em seus direitos humanos, básicos, fundamentais e CONSTITUCIONAIS."

    Você não pode está falando sério...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comunista, esquerdista, esquerdopata...
      São termos usados para desqualificar pessoas ao invés de contradizer argumentos. Esse é o problema.
      Você não enxerga isso? Tente falar que se opõe a violência policial desnecessária ou às condições subumanas das prisões que fabricam psicopatas em série para ver como o argumento é rebatido

      Excluir
  11. Assisti seu vídeo no Youtube, Observar e Absorver. Minha mente foi pra outro lugar com suas reflexões.. Sistema está contra as favelas.

    ResponderExcluir
  12. Excelente texto! Gosto demais das suas reflexões! Me fez repensar em tudo! Muito obrigada e parabéns! Vida longa!

    ResponderExcluir
  13. Então tu se considera comunista?
    Ser comunista, socialista é em resumo, não querer o bem das pessoas.
    No início é aquela ideologia que seduz, que te dá vontade de lutar por "causas" que na verdade só favorecem partidos que querem poder e dinheiro. Depois do jovem se desgastar por "causas", os partidos comunistas, socialistas chegam no poder, e aí o que acontece?
    Tratam as pessoas como bichos, basta observar Cuba e Venezuela.

    Não precisamos ser de esquerda, querer pobreza, para sermos bons ao próximo.
    Sou conservador de direita, ajudo e quero bem ao próximo, me afasto das pessoas com energias negativas e que querem o meu mal. Quero um país com mais empregos, mais estudo, para que todos possamos ter uma vida digna, sem precisar depender do governo para ter o básico, casa e comida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siconsidero nada não. Só uma pessoa que não se conforma com a sociedade onde vive. Que olha, reflete e diz o que vê, o que pensa e o que sente através do trabalho, há trinta e seis anos, sem férias nem aposentadoria. E acho ótimo, pretendo trabalhar até o último dia da minha vida, se for possível.

      Esquerda e direita é marcação de marcha ordinária.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Corrigindo: criado por manipuladores e seguido egocêntricos e vaidosos.

      Excluir
    5. Esquerda e direita são rótulos criados por pessoas cheias de ideologias e vaidade, ambos são egocêntricos e prepotentes, gerando guerra e intolerância. Seja você mesmo, seja seu guia!

      Excluir
  14. Já leu isso?

    https://medium.com/@guilhermeges/eduardo-marinho-n%C3%A3o-faz-sentido-a9482925d1c2#.fair4kwme

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou veterano em desqualificações. E não dou importância a isso. Isso é que tá me dando importância demais, não precisava... estou até lisonjeado. rs

      Excluir
    2. Eu falava com os pretensos "revolucionários" que, com seu academês, mantêm a distância criada entre academia e população.

      Excluir
  15. Assisti seus vídeos, absorvi o que fui capaz e vou continuar!

    Agora faço parte desse universo Marinho, obrigado Eduardo!

    Paulo Garonce.

    ResponderExcluir
  16. Preciso ter um contato real contigo, olho no olho, p eu deixar o brilho dos meus olhos falarem por mim... e vc enxergar o q eles vão tentar dizer: Tu és incrível!!! Parabéns, super admiro e respeito você e suas ideologias

    ResponderExcluir
  17. você tem email ou algo do tipo? preciso entrar em contato contigo

    ResponderExcluir
  18. Quanto mais alimentamos o EGO, mais nos distanciamos da Paz física e de espírito. A TV e as demais mídias populares no Brasil São produzidas para cultivar o ego. Lembrando que Elas são propriedade dos herdeiros das capitanias hereditárias, assim como os donos das grandes indústrias, dos Bancos e dos ocupantes dos cargos mais altos do poder público. O Jogo é pensado pra ser assim e assim é. A minha única esperança é a FÉ, ou lei da atração, como preferir.

    ResponderExcluir

observar e absorver

Aqui procuramos causar reflexão.